do livro dos seres imaginários

 

2010

para piano solo | for solo piano

Lidia Bazarian, piano

sobre a peça

 

O projeto Do livro dos seres imaginários, iniciado em 2010, reúne peças para piano solo que dialogam com alguns textos de Jorge Luis Borges incluídos em O livro dos seres imaginários. A relação entre as peças e cada um dos seres escolhidos não é construída através de um processo de descrição. Os seres se espalham sobre o material sonoro: impulsionam, envolvem e modulam cada gesto. No CD Imaginário, da pianista Lidia Bazarian, estão presentes as quatro primeiras peças escritas para o projeto, relacionadas com os seguintes seres: Kami, ser sobrenatural que jaz sob a terra; Odradek, concebido originalmente por Kafka no conto A preocupação de um pai de família; Shang Yang, o pássaro da chuva; e Haokah, o deus do trovão. As peças são homogêneas, curtas e “atemporais”: cercam algum tipo de sonoridade restrita por um curto espaço de tempo e intentam, assim, a construção de uma imagem que não se desloca.

 

O projeto é dedicado à Daniela Bonafé, um ser imaginante.

about the piece

 

The project Do livro dos seres imaginários was started in 2010 and is comprised of piano solos which dialogues with some texts by Jorge Luis Borges included in The book of imaginary beings. The connection among the pieces and each one of the beings who were chosen is not built upon a process of description. The beings spread over the sonorous material: they trigger, involve and modulate each gesture. On the CD Imaginário, from the pianist Lidia Bazarian, there are the first four pieces written for the project, which are related to the following beings: Kami, a supernatural being who lies under the earth; Odradek, originally conceived by Kafka in the short story The cares of a family man; Shang Yang, the rain bird; and Haokah, the god of thunder. The pieces are homogeneous, short and “timeless”: they encompass some type of restricted sonority during a short period of time, and aim, therefore, at the construction of an image that does not dislocate.

 

The project is dedicated to Daniela Bonafé, an imaginative being.

principais performances | main performances

 

Lidia Bazarian

MuBE, São Paulo, Brazil, 2011

Teatro Banguê, João Pessoa, 2011

Salão Nobre da Reitoria da UFBA, Salvador, 2011

SESC Consolação, São Paulo, Brazil, 2013

Auditório Cláudio Santoro, Campos do Jordão, Brazil, 2013

Escola de Música da UFMG , Belo Horizonte, Brazil, 2014